Seguidores

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Você é fonte de quê?

Quem é sujo...

Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda (Apocalipse 22:11).
Claro que você precisa reconhecer que tem fissuras, só assim vai poder restaurá-las, caso contrário causam contaminações. É preciso fazer como Paulo e assumir que no trajeto da água pode haver estas pequenas rachaduras. Você só é santificado,quando elas são fechadas, mas o mal tenta abrir outras, pois o mal está em ti.

Assim fica uma pergunta: Que água o próximo tem encontrado quando abre sua torneira? Será que a água que você leva está matando ou gerando vida?

Paulo lutava internamente, principalmente porque ele tinha zelo pela obra do Senhor, mas ao se reconhecer fraco, ele não estava abrindo mão de sua responsabilidade por seus atos.

A Bíblia garante que somos corruptíveis, ou seja, temos a natureza que pode ser corrompida, porém temos que lutar contra, para não sermos vencidos por ela (Romanos 3-23).
O que não conhece é inocente, você não, assim sua luta para permanecer limpo, mesmo que se considere o mais puro dos homens, ainda não é, porque sabe reconhecer o que é certo ou errado, o que esta fora nada sabe. Então nunca admita que você está no auge da purificação, afinal aquele que afirma que não peca, esta em pecado. Claro que tendo uma origem de pecado, fomos salvos, pois é Jesus que nos purifica, através de seu sangue (I João 1-7).

Em todo tempo sempre há alguém desejando mostrar sua santidade com atitudes. Os fariseus e suas franjas que o digam (Mateus 23-5), mas claro, repito, que não estou autorizando ninguém a pecar e menos ainda, a renunciar a santificação, afinal sem ela ninguém verá a Deus (Hebreus 12-14). porém não existe ninguém mais santo do que você, pode ter a maior franja do mundo, mas é tão pecador quanto você. Podem até filtrar os mosquitos, mas jamais se livrarão dos camelos, por causa de sua hipocrisia (Mateus 23-24), afinal só houve um Santo.

Estando no lugar certo?

Muitas vezes endeusamos homens, colocando-os em altares erguidos para a soberba destes, e nem notamos que suas águas – corrompidas pelo orgulho da pretensa santidade – não é pura e sim cheia de coliformes fecais. As pessoas acabam separando-se das outras, delimitando-se pela santidade exagerada, sendo que Deus – que de fato é Santo – não faz acepção de pessoas (Romanos 2-11), até porque Deus vê de forma diferente de nós, afinal Ele vê o homem de dentro para fora (I Samuel 16-7).

Na verdade, minha Natureza espiritual é de Deus, mas a minha natureza carnal é carne.

Eu amo pregar o Evangelho e o faço já há 15 anos, não preciso ter asas, aureola ou flutuar para ser santo, quem realiza a obra em mim é o Espírito Santo. Durante a nossa caminhada as lutas vem sobre nós, uma vez vence outra perde.

É natural na vida agirmos em pensamento de forma contrária ao que sabemos ser certo. Você já mentiu, já matou em pensamento, mas você não pode executar, pois quando faz algo errado, dá vasão ao pecado que habita em você, em nós. Afinal, só é pecado porque sei que transgrido a lei. Pela Lei apena só inocente não é passível de punição, já o que a conhece será por ela punido.



Auto-Suficientes ?


Somos marcados como se por uma estrela, quando eu peco porém reconheço que estou errando, o Espírito do Senhor está comigo, agora, quando não sentir mais é porque estou mais longe de Deus. O que faz separação entre você e Deus é o pecado (Isaías 59-1 e 2). É o farol amarelo que jamais deve se apagar, deve se manter aceso, se não percebo não é que apagou e sim eu que deixei de ver, então pereço.

Muitas vezes nos vemos cheio de estrelas, mas com o nosso caminho, vamos andando e perdendo-as, quando muito o que temos são apenas asteriscos. Em nosso caminhar devemos fugir sim da contaminação, mas se acontecer de sermos contaminados, devemos nos descontaminar com a Graça, a misericórdia e o Sangue de Jesus, então purificados continuamos seguindo.

Será que alguém te reconhece como crente, como pastor? Às vezes naquele lugar tem outros que deveriam minar da Água da Vida, mas nada saem deles, ou pior, minam apenas água contaminada, mesmo tendo nome de fonte saudável. Se Deus te manda para algum lugar é para mandar Água limpa. A Água que vai até por carta tem que ser limpa, não interessa que meios você vai utilizar para alcançar o seu objetivo, que não pode ser colocado em segundo plano, sempre salvar.



Reconheça...

Faça como Paulo e reconheça como ele: Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?(Romanos 7:23-24), ele reconhecia sua situação, este mesmo homem cuja a sombra curava. Precisamos em todo tempo entender que Humilhação não é autopiedade, mas em todo tempo devemos clamar como alguém aflito por querer crer “Ajude-me Senhor na minha fraqueza”.
Se você observar bem Jesus admirava-se daqueles que se humilharam diante dele, mas se humilharam de fato, eles tornaram-se exemplos. Paulo não se colocava na posição de santo, ele se colocava como Jesus – um exemplo de humildade – na posição de homem. A diferença,a entre Paulo e Jesus era que Jesus era Deus e incorruptível. No mais, Paulo nos adverte a sermos iguais a Ele, ao dizer:
Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo (I Coríntios 11-1).

A Experiência de dois Irmãos

Dois cristãos falavam sobre o viver em Cristo, pondo em evidência as lutas e os trabalhos para chegarem a um fim vitorioso. 

Dizia um: - não é fácil, meu irmão, pois, todos os dias, tenho que me preocupar: com dois falcões codiciosos, duas endiabradas lebres para guardar, dois gaviões vorazes para adestrar, um dragão medonho para vencer, um leão terrível para combater e um pobre doente para cuidar

Mas, como é isso e o que tem tudo isso com uma vida cristã autêntica? - perguntou o outro.

- Repare e confira, meu irmão:

Os falcões são os meus olhos, que tenho de guardar com muito cuidado para que se não fixem demasiado na luxúria do mundo ( Mateus 5:28-29), As lebres são os meus pés, que tenho de vigiar muito bem para que não corram velozmente pela estrada larga do pecado e da maldade, Os gaviões são as minhas mãos, que tenho de subjugar ao trabalho honesto, a fim de que tenham sempre que fazer o bem e não se dediquem à prática do mal, O leão é o meu coração, de onde partem as saídas da vida, pelo que tenho que o manter humilde, contrito, e não deixar que enverede pelos pensamentos da vaidade, do orgulho e me magoe a mim e ao meu próximo e, Finalmente, o doente sou eu, que sou uma chaga apodrecida desde a cabeça até aos pés e que constantemente preciso das receitas do céu. A tempo e a horas, tenho que tomar os medicamentos que Cristo dá.

Assim, somos nós, somos curados, purificados e vivificados pela Palavra.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Plantar e Colher


Plante mais.

Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa,
pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas. 
Eclesiastes 11:6


Sempre digo em minhas pregações que somos responsáveis pela nossa Colheita. Mas devemos observar que não é só da Colheita que somos responsáveis. É nossa responsabilidade também PLANTAR. 
E plantar requer mais do que jogar sementes ao léu. Precisamos arar a terra, preparando-a para a semente, escolher uma semente adequada ao solo, pesquisar o quanto de água vamos precisar para nutrir a semente até que ela germine e venha à vida.
Claro que quando falamos de Plantio estamos falando de Fé, MAS além de nossas atitudes cristãs existe outros aspectos de nossa vida que devem ser levado em conta. Nossa Família, nossos sonhos, nosso trabalho...
O sábio ao declarar que devemos plantar não só de manhã deixa-nos algumas possibilidades d einterpretação:
- Plantar de manhã pode ser plantar mesmo, assim como plantar ao entardecer.
- Plantar de manhã, pode também se referir aos estágios da vida. O homem age de forma a encontrar na frente paz  e prosperidade em sua juventude - é de manhã. Mas quando o tempo chega deve ainda  contibuar agindo de forma correta, plantando também  uma boa semente quando a tarde chega - sendo este entardecer  a idade adulta.
Se aplicarmos nosso coração em agir de forma correta, em todo o tempo de nossa vida, teremos prazer  em nossa colheita, pois teremos investido mais do que se espera de nós e seremos, no tempo certo, recompensados.
Pense nisto...
 

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Victorino Silva - Mais grato a ti - HC 370 (1970)

Bom dia! 

Que sejamos mais gratos ao Senhor!
Satisfaze-nos pela manhã com o teu amor leal, e todos os nossos dias cantaremos felizes. 


Salmos 90:14

Desejo que o dia de todos vocês seja abençoado pelo Senhor e que tenham forças, todos os dias, para serem mais agradecidos.
Abraços.
Pastor Sérgio Carlos da  Silveira

                                 

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Igreja Pentecostal Casa de Oração - Ser Cristão - R Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo: Emanuel, um segredo [Pr. Sérgio C Silveira]

Igreja Pentecostal Casa de Oração - Ser Cristão - R Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo: Emanuel, um segredo [Pr. Sérgio C Silveira]: Emanuel, um segredo. Sergio Carlos da Silveira Jesus é uma promessa que se cumpriu em nossas vidas, mas constantemente, da...

Emanuel, um segredo.


Emanuel, um segredo
Sergio Carlos da Silveira


Jesus é uma promessa que se cumpriu em nossas vidas, mas constantemente, dado as circunstâncias, esquecemo-nos de sua real importância para nossas vidas.
Ele não veio ao mundo apenas para nos salvar, veio também para trazer Deus aos homens. Afinal, Emanuel, seu nome, quer dizer exatamente isto: Deus conosco.

Quando entendemos que Deus esta conosco, que jamais nos abandona, entendemos que tudo se torna mais fácil. Não como a visão de Poliana, aquele personagem da Literatura Mundial que acredita que tudo é bom e perfeito, mas com Cristo tudo fica menos difícil sim. Ter Jesus na vida é olhar para nossa caminhada com mais respeito, por Ele estar conosco e por sermos pessoas que tocamos o coração de Deus a ponto de Ele desejar estar conosco novamente. E não foram nossas qualidades e nossa alma nobre que tocaram o coração do Altíssimo, foi a nossa condição de filhos desviados de seus planos, sua misericórdia nos alcançou apesar de nossa rebeldia.

Maravilhoso pensarmos que apesar de tudo, o Senhor é conosco sempre, jamais nos abandona.
Este é o mais célebre segredo e o mais especial é que está revelado, mas poucas pessoas compreende isto: Emanuel – Deus Conosco –  O Deus que nunca nos deixa.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Sobre a Consagração à Bispo

Meus irmãos, não sejam muitos de vocês mestres, pois vocês sabem que nós, os que ensinamos, seremos julgados com maior rigor. 
Tiago 3:1

           Tendo em vista a responsabilidade que terei diante de Deus, quando for prestar conta de vós todos, membros da +IPCO - Casa de Oração - Brasil,  leitores de nossas páginas e amigos que são alcançados por nosso Ministério pessoal e Pastoral, venho à Público comunicar-lhes sobre minha situação junto ao Ministério que Presido. 
           Ontem, 12 de julho de 2015, pela Misericórdia de Deus fui levantado a BISPO, mas gostaria que os irmãos, amigos e filhos continuarem a me ver e a me chamar somente pelo nome de pastor, pois é o que sou e sempre serei...Não estou menosprezando aquilo que Deus me deu....mas só sei ser pastor ,irmão, amigo e servo do Deus Altissimo. Quero continuar sempre próximo de vocês e ser lembrado por todos apenas como SERVO. Para Deus e diante Dele, sempre, quero ser visto apenas como um Obreiro aprovado (II Timóteo 2:15), nào tendo jamais motivo para envergonhar-me diante Dele, de minahs atitudes e de meu modo d eprocurar viver a Palavra. 
            Não rejeito o tíitulo que me foi outorgado. Aceito-o, com amor. 
            Também não nego que esta caminhada me tenha proporcionado encontros com espinhos que machucaram minha alma, mas pelos quais, como apóstolo Paulo, sou grato, não esqueço de nenhum de vós todos, do carinho, do amor, da companhia constante, mas quero lembrá-los que se me mostro reticente com títulos, o faço, seguindo o exemplo de meu Mestre, que sendo Filho de Deus, lavou os pés de seus discípulos, sentou-se com impuros e amou a todos, do maior ao menor, sem fazer diferença.
           Aos meus companheiros que me honraram, encaminhando meu nome e história para esta Consagração, meu agradecimento eterno, ao meu amado filho na Fé, o apóstolo Hebert Douglas,  que muito me honra com seu apoio e indicação especial, também meu agradecimento sincero. 
          Aos meus filhos Carlos Alexandre e Diogo, às minhas noras, que são filhas, Michelli e Paula, à minha neta amada Nicolly, aos meus pais, guerreiros que jamais me abandonaram quando todas as portas se fecharam no mundo para mim, aos meus irmãos naturais e sobrinhos amados e a os que se achegaram a mim como filhos e amigos, companheiros da Fé, dedico meu amor e agardecimento. 
          Que Deus seja com todos, em todo o tempo.
          Desejando ser compreendido, sigo amando-os,
          Sinceramente,
          Pastor Sérgio Carlos da Silveira

sábado, 11 de julho de 2015

O Tempo e a Promessa


Sergio Carlos da Silveira se sentindo pensativo
1 h · 
[...] Um filho não nasce antes de determinado temp. E se nascer antes,  os riscos e os problemas serão maiores...Precisamos aprender esperar, pois é uma importante etapa para nosso crescimento...O esperar te faz forte e te capacita para receber o que deseja.. 

         O Tempo e a Promessa 

         As promessas passam pelo teste do tempo e o tempo é o que mais desgasta a nossa esperança. Mas não devemos permitir que dúvidas se acumulem em nós, quando estamos esperando naquele que não falha. Deus não muda. Se Ele prometeu, vai cumprir. Não interessa se todos não creem, porém a Promessa é para você e se continuar esperando, vai chegar o dia de cantar o hino da Vitória.
        Creia...
Sergio Carlos da Silveira

domingo, 5 de julho de 2015

Pastor Sérgio Carlos da Silveira: A Igreja está doente...

Pastor Sérgio Carlos da Silveira: A Igreja está doente...: “quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:13)                       A Igreja do Senhor e...

A Igreja está doente...



“quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:13) 

                     A Igreja do Senhor está doente. Sem nos apercebermos, ao permitirmos que Doutrinas não cristãs se apossem dos altares de nossas Igrejas, estamos adoentando nossos irmãos. Palavras bonitas, músicas bem cantadas, mas sem profundidade bíblica estão tornando nossos irmãos raquíticos de Fé. Os alimentos que lhes é servido é raso, sem nutrientes e só incham. As pessoas saem do Templo saciadas, mas este alimento não gera efeitos tardios, só imediatos, enchem apenas, trazem  só a saciedade momentânea, mas não possuem nutrientes necessários para uma caminhada mais longa. Não existe elementos necessários para a captação do Organismo trabalhar, vendo este Organismo como o Espírito Santo. Sim, há muita beleza no que acontece em nossos Templos, riqueza em voz e fala, mas falta o que aciona o trabalhar do Espírito Santo: Conteúdo.
                   Muitos terminam  suas Mensagens ou entregam suas oportunidades, pedindo que o Espírito Santo fale melhor em nossos corações, mas sendo Ele  Santo, não pode trabalhar em terreno onde não há Sementes. Sim, a semente que estamos lançando, se não tem princípios bíblicos, não pode ser ativada pelo Espírito Santo, pois sendo vazia, é morta, ocupa apenas espaço. O Espírito santo não germina semente morta, assim como não torna saudável um alimento sem conteúdo. E se permitimos que os sendentos de Deus entre em nossos Templos e recebam sementes mortas, estamos transformando estas pessoas em terrenos inúteis. Se somos semeadores da Fé, devemso trazer conosco sementes da Verdade e de verdade, e não sementes que jamais serão fertilizadas e não germinarão. Se estamos trazendo à Mesa de nossos Templos alimentos bonitos, mas inúteis para o crescimento das pessoas que se achegam a Deus, não iremos mais precisar ir fora Evangelizr, passaremos o resto de nossa vida e ministério pessoal,  evagelizando crentes mornos. E o Senhor não quer ninguém  morno, quer que sejamos quentes ou até frios. Sim, pois  aos frios há a esperança de aquecerem e tornarem-se quentes, mas o destino do morno é sempre esfriar mais.
                   Precisamos urgentemente mudar nosso modo de gerir o Rebanho que não nos pertence. Um dia seremos cobrados por cada ovelha que perdemos. Por cada terreno fértil que inutilizamos plantando semente infértil, também seremos cobrados. Seja Rebanho, seja Plantação, o que importa é o tipo de gerência que você dá aquilo que não te pertence. Que possamos olhar melhor pelo que nos foi confiado e sermos melhores em nossas atitudes, agindo com decência, respeito e amor para que quando tivermos que prestar contas, estejamos confiantes que estamos entregando o nosso melhor ao Senhor.

Receba as mensagens no seu Email